sexta-feira, 4 de julho de 2008

FENAJ defende necessidade de diploma

O Sindicato dos Jornalistas do Distrito Federal e representantes da FENAJ (Federação Nacional dos Jornalistas) defenderam, nesta quarta-feira passada, 02 de Julho, na presença do presidente do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, a necessidade da formação específica em jornalismo para exercício da profissão.

Sergio Murilo, presidente da Federação, entregou um parecer favorável à exigência do diploma e o assunto deverá ser discutido pelo Plenário da Corte no segundo semestre desse ano, através do Recurso Extraordinário 511961.

Mendes é também o relator do processo. Segundo ele, “esta polêmica tem 40 anos e finalmente vai se resolver e lutamos para que seja em favor da categoria e da sociedade”. O presidente da Federação tentou explicar também a importância que traria o caso. “Estamos é claro defendendo nossa regulamentação, mas também o direito que o cidadão tem de ser bem informado e informação de qualidade precisa de sólida formação teórica, técnica e ética”, explicou ele, e concluiu que “por mais absurdo que pareça, procurei mostrar ao presidente do Supremo que nossa luta é para que o jornalismo seja exercido por jornalistas”.

Importante também é adequar a legislação a essa nova forma. “Somos favoráveis à revogação do texto de 67 e a sua substituição por uma legislação democrática. Há quase 11 anos esperamos uma decisão da Câmara em relação ao projeto de nova lei de imprensa (PL 3.232/92) e espero que a iniciativa do STF ajude a romper a letargia do Congresso Nacional”, disse Sérgio Murillo.

Essa necessidade nada mais é que justa, afinal, o trabalho deve ser realizado por profissionais com capacidade para tal. Mas se faz necessário também que além do diploma, eles tenham uma base teórica e prática de qualidade, vinda, no caso, da instituição de ensino. O jeito agora é esperar o parecer final desse trâmite e aguardar melhoras no meio profissional.

Um comentário:

Giovane C. Rezende disse...

concordo plenamente! eh injusto q se estude por tantos anos para conquistar um objetivo e naum conseguir devido a pessoas incapacitadas estarem atuando na sua area!